Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.6/5 (3617 votos)


ONLINE
3




Partilhe este Site...

Flag Counter

Calendário lunar

 


1º GRAU - AULA Nº 12
1º GRAU - AULA Nº 12

Sabiamente se adaptam à mística, pelo relevo moral e espiritual, étnico, místico, social e religioso de cada povo ou raça.

 

O objetivo é atingir o estado de renúncia, porque é a forma de dinamizar a própria matéria orgânica, pelas vibrações do espírito, nos aproximando do Cristo, realizando gradativamente o Cristo em nós.

 

A meta das Entidades militantes da Lei de Umbanda não é apenas atuar em médiuns de incorporação - em maioria se prestam tão-só para servir, que quase sempre forçados pelas circunstâncias que os obrigaram a procurar o espiritual. Eles procuram médiuns com faculdades mais elevadas, a fim de fazê-los missionários de luz.

 

Afirmamos, então, que o objetivo real dessas entidades é preparar mediadores entre esses médiuns, influentes ou com tendência-afim às luzes da verdade na própria consciência, para que possam ser, assim, os mediadores reais de suas mensagens ou ensinamentos, veículos adequados aos contatos superiores dos Orixás intermediários nas mensagens aceleradoras da evolução humana.

 

Ao falarmos nestes "caboclos e pretos-velhos", queremos definir o mérito destes espíritos, oh! Irmãos que não querem ver! "Cegos, guias de cegos", que não veem a luz do Sol estender suas vibrações pelos cumes das montanhas, para beijar o mais ínfimo dos seres... O Sol espiritual é para todos, oh! Irmãos criados nos "cascões" da ignorância ou da incompreensão religiosa!...

 

Por que desprezar o que não conhecem internamente? A sublimidade da obra está, justamente, na não seleção dos agrupamentos, quando se espalham as sementes! Quanto mais o "campo fôr agreste", maior o mérito, pelo espírito de sacrifício e tolerância. É assim que nossas Entidades trabalham, ao se revestirem das formas apropriadas - tal e qual como as ferramentas que se usam no preparo da terra de "um campo agreste"...

 

Seria inútil devassar a mata virgem, sob condições bravias, na roupagem dos ricos e potentados, de finos calçados e elegantes tecidos. Logo receberiam a reação dos "espinhos ou cardos" da incompreensão. Não seriam olhados na confiança pelo desajuste no alcance e assimilação - apenas com temor e desconfiança.

 

Irmãos! Assemelhem à imagem! Estados de consciência são questões de foro íntimo! Somente a psicologia destes "caboclos e pretos-velhos", que é a divina Magia da compreensão e adaptação, pode vencer nos terreiros, quando impulsionam as criaturas pelos degraus da ascensão!

 

Oh! Irmãos! Que sentimos nós quando atingimos aquele degrau e olhamos os que ficaram nos outros! Sentimos dor e piedade. Dor, por vermos o quanto lutamos e ainda temos que lutar dentro das ações e reações da matéria às reencarnações! Piedade, por identificarmos neles a ilusão, mãe da amargura, a mesma que, no passado, nos levou através das lições a duras experiências...

 

Tentamos traduzir fagulhas desta palavra, desta doutrina de nossas Entidades! Amor-renúncia-caridade! Não para agradar ao meigo Oxalá, para que Ele interceda por nós, pelo nosso egoísmo, no temor de um "Deus Justiceiro", que nos espera em julgamento no dia do "Juízo!" Pouco adiantará uma ascensão condicionada a este estado de consciência!

 

Elevemo-nos ao Cristo, realizando dentro de nós mesmos a consciência Crística, que nos conduzirá à Consciência UNA, ao DEUS-UNO!

 

UMBANDA é Movimento Espiritual sério e não somente os sincretismos ou similitudes das práticas que as criaturas transformam na bizarria dos fetiches coloridos, que são os adornos que a vaidade embala, como se fossem da Umbanda!

 

Oh! Irmãos! Quem transforma os ambientes no desregramento das tendências que são os espíritos que conhecemos como "caboclos e pretos-velhos"! SÃO OS HUMANOS SÊRES QUE IMAGINAM "RECEBÊ-LOS" PARA Isso OU AQUILO'.

 

MISTÉRIOS E PRÁTICAS DA LEI DE UMBANDA

2º EDIÇÃO LIVRARIA FREITAS BASTOS S.A.

W. W. da Matta e Silva