Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.7/5 (3289 votos)


ONLINE
2




Partilhe este Site...

Flag Counter

Calendário lunar

 


Divina Mãe, eu peço agô!
Divina Mãe, eu peço agô!

http://images.comunidades.net/umb/umbandadobrasil/divina_.jpg

Divina Mãe, eu peço agô!

 

Oh Divina Senhora, cuja Luz teve que ser velada,

 a fim de não cegar os nossos olhos espirituais - Divina Mãe Umbanda!

 

Nessa hora nesse instante eu te reverencio e ouso pedir o teu agô mais uma vez.

Ouve, Senhora dona dos elementos...

 no silencio dessa noite...

a minha prece...

 

Dirige o teu olhar, minha mãe, para todos os teus filhos na Terra!

Clareia esse mundo, Senhora da Luz! - Iluminai!

 

Que os raios do Sol de Oxalá, possam beijar nosso ser e que essa Luz brilhe dentro de cada um de nós

Afastando as trevas de nossa inconsistência

 

Bem-aventurados sejam os ventos de Inhasã

Que levam para longe as vestes de nossa incoerência!

 

Que os Pretos Velhos nos concedam, da igualdade - a consciência,

 para que façamos ao outro apenas aquilo que queremos a nós mesmos.

 

Bendita seja a magia de Yorimá

Que transforma o chumbo de nossa matéria densa no ouro da espiritualidade maior!

 

E que Mãe Yemanjá, mãe de toda a amorosidade

perdoe a profanidade com que adentramos o seu sagrado mar

 

Que as águas das chuvas lavem as salas de nossas almas

E que as doces águas de Oxum, penetrem no templo interior de cada um

 

Que o Orixá Ogum possa nos conceder a força necessária para os embates da vida.

Louvado seja o poder de sua espada, quando consegue cortar

as demandas interiores, que ainda teimamos em criar!

 

Que do luar, venha um novo alvorecer e que a manhã possa nos trazer

o doce sorriso das crianças de Yori e o perfume das matas sagradas de Oxossi!

 

Que os raios de Xangô possam escrever nos céus da humanidade

os ideais de Liberdade, Igualdade e Fraternidade

 

Que Oxalá, na força do elemento fogo, reacenda nossa chama interior,

quando ela estiver a ponto de se extinguir.

E purifique os nossos corações tão profanados

por esses sentimentos menos nobres que ainda insistimos em sentir

 

Permite, minha mãe Divina, que a canção que vem da própria Terra, nós possamos ouvir

 E, como espíritos eternos, finalmente entender

De onde viemos, para onde vamos e o que estamos fazendo aqui.

 

Yacyamara