Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.6/5 (3617 votos)


ONLINE
3




Partilhe este Site...

Flag Counter

Calendário lunar

 


Agradecimento ao Caboclo Tupiriniquim
Agradecimento ao Caboclo Tupiriniquim

Agradecimento ao Caboclo Tupiriniquim

Ao Caboclo TUPIRINIQUIM, esta entidade de luz que hoje não sei onde esta, o meu agradecimento por ter-me iniciado no espiritualismo de forma concreta.

 

Lembra-me ainda hoje, quando da primeira vez que consigo estive, daquela conversa que entrou pela madrugada adentro, e no fim da qual, ainda meio tonto das revelações que me fez de fatos que eram só do meu conhecimento, e dos quais não me lembrava mais, constatando eu que algo havia, pedi-lhe literatura sobre a Umbanda, tendo-me o Sr. respondido: - "Meu filho, Umbanda Vive-se. Se queres aprender, observa. Não vais entender o que leres”.

 

Naquela época., não entendi bem o significado daquelas suas palavras, pois não sabia da confusão reinante no meio espiritualista, a qual, até hoje perdura. Ler a literatura que então existia, não tenho dúvidas, teria criado em mim enorme confusão espiritual. Somente após alguns anos, o Sr me recomendou, ler - com cuidado - "Umbanda de Todos Nós”, do meu querido amigo Matta e Silva, que havia sido publicado naquela época.

 

Caboclo, que os magos brancos do astral o iluminem cada vez mais, são os votos deste seu filho agradecido.

 

Desta entidade de luz, ouvi certa ocasião, em uma daquelas belíssimas reuniões de bate-papo (como ele dizia), ao ser perguntado do porquê da Umbanda tratar de assuntos materiais,. (negócios, etc.) enquanto outras facções espiritualistas só tratavam de assuntos espirituais, se era- licito aos espíritos virem influir naquilo que era considerado, pelas ditas facções espiritualistas, de Karmas, e, portanto, atinentes aquilo por que ás pessoas tinham de passar, ao que o Caboclo Tupiriniquim respondeu: - “Meu filho: Filho da terra, com a barriga vazia, não tem bons pensamentos".

 

Livro: Umbanda Magia Branca de Marcos Scliar Editora: Eco

Agradecimentos ao irmão Umbandista pelo enviou deste material